Esta Rádio tem a direção geral do Espírito Santo de Deus

Baixe nosso aplicativo

Rebeca Andrade música “Conquistando o Impossível” Fantástico

Rebeca Andrade, que se tornou a primeira brasileira a conquistar duas medalhas numa mesma edição dos Jogos Olímpicos, vem ganhando também um...

Rebeca Andrade música “Conquistando o Impossível” Fantástico

Rebeca Andrade, que se tornou a primeira brasileira a conquistar duas medalhas numa mesma edição dos Jogos Olímpicos, vem ganhando também uma enorme quantidade de fãs e tem sido bastante elogiada no mundo inteiro por conta de suas apresentações.

Na madrugada de domingo, 1º de julho, a jovem conseguiu fazer um feito ainda maior e ganhou uma medalha de ouro. Mais emoção tomou conta das transmissões e também do público nas redes sociais, que fizeram o nome da jovem aparecer entre os assuntos mais comentados no Twitter.

Um pouco mais tarde, a jovem foi homenageada no Fantástico e mais uma vez emocionou ao contar um pouco de sua trajetória.

Além disso, Rebeca também pediu música e a escolhida foi “Conquistando o Impossível”, da cantora Jamily e emocionou os telespectadores do programa. (Vídeo no final da matéria)

Após ganhar a medalha de prata na ginástica artística individual nos Jogos Olímpicos em Tóquio, na quinta-feira (29) e agradeceu a Deus pela vitória e superação, ela citou um trecho da canção "Sabor de Mel" da cantora gospel Damares.

“Vão olhar e ver Jesus brilhando em você! Sabor de Mel. Obrigada Deus, Obrigada @franciscogym, obrigada família, amigos, equipe multidisciplinar, clube e fãs! Nossa medalha veio!”, escreveu a ginasta.

Em conversa com Galvão Bueno, a mãe da ginasta, Dona Rosa, revelou que a preparação de Rebeca não foi feita apenas com treinos, mas foi também "na base da oração".

“A preparação foi espiritual mesmo. Somos evangélicos, então nos preparamos espiritualmente, com muita oração e pensamento positivo, porque o restante teria de ser com ela. É muito treino e muita concentração. Então o que ela tinha de fazer, ela estava fazendo”, afirmou Dona Rosa.

Rebeca Andrade começou na ginástica em um projeto social em Guarulhos, cidade de São Paulo. Aos 22 anos, depois de três cirurgias no joelho e de ficar fora do pódio em casa, nos jogos do Rio, em 2016, Rebeca e a equipe deram ainda mais importância à preparação mental.

“Meu foco, na verdade, não é a medalha. É fazer boas apresentações, segura. Pronta eu já sei que eu estou, mas me senti firme fazendo as coisas. E me divertir. Hoje eu estava muito feliz”, afirmou.

Fonte: Folha Gospel com informações de G1, O Globo e Observatório da TV

COMENTARIOS