/fa-facebook-f/ FACEBOOK

Novo clipe de Cassiane aborda a violência contra a mulher

Novo clipe de Cassiane aborda a violência contra a mulher

Com mais de 600 mil visualizações no clipe da canção Deus Vem, Cassiane lança, nesta sexta-feira (17), o vídeo de A Voz, música que dá título ao seu novo EP pela MK Music. Composição de Jotta A, o projeto visual teve direção da Centaurus Produções, responsável também pelo clipe anterior.

Sem medo de ousar, Cassiane traz um tema delicado na nova produção, mas que não pode deixar de ser falado: a violência doméstica. Mostrado de forma sutil, a história da clipe mostra uma mulher enfrentando o vício do marido na bebida. Os problemas se agravam a partir do momento em que ele começa a perder o controle e ficar agressivo com a esposa.

Inclusive, dados divulgados no mês de maio pela ministra Damares Alves mostraram um aumento de 35% nas denúncias de violência contra a mulher em abril, comparado ao mesmo mês do ano passado. A titular da pasta da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos já havia demonstrado certo temor por um boom de casos durante a quarentena. Só no Rio de Janeiro houve um aumento de 50% das denúncias durante o isolamento.

Além da violência doméstica, a cantora já abordou outros problemas familiares em seus clipes. Em Não é Tarde Demais música do álbum Para Sempre (1998), o clipe retratava a questão do desemprego dentro de casa. Já Minha Bênção, do CD Recompensa (2001), mostrava uma mãe lutando para libertar o filho da prisão.

Com quase 40 anos de carreira, Cassiane tem 23 álbuns lançados, sendo 13 pela MK Music. Depois de ser indicada pela primeira vez ao Grammy Latino, pelo álbum Nível do Céu (2018), ela resolveu apostar em um repertório eclético nesse novo projeto, que está disponível nas plataformas de música.

– É uma alegria e responsabilidade ver desde senhoras e senhores, jovens e crianças, cantando e sendo abençoados através das ministrações. Agradeço a Deus esse privilégio e vou estar sempre disponível para fazer a Sua obra – garante a cantora.
Fonte: Pleno News

Nenhum comentário:

Postar um comentário